domingo, 31 de outubro de 2010

Não adianta...

A música do vídeo é uma composição de Sérgio Sampaio, amigo e também parceiro de Raul Seixas.

Neste mesmo vídeo, Zeca Baleiro conta um pouco da história de como surgiu a ideia da letra da música.

Acho a letra desta música muito linda! Além disso, acredito que muitas vezes alguns acontecimentos fazem com que os nossos sentimentos fiquem confusos e de repente achamos de que nada adianta...

Abraços!

Silvia Elena


Não adianta
Composição: Sérgio Sampaio


Não adianta,
Não adianta nada ver a banda,
Tocando “A Banda” em frente da varanda,
Não adianta o mar,
E nem a sua dor.

Não adianta,
Não adianta o bonde, a esperança,
E nem voltar um dia a ser criança,
O sonho acabou,
E o que adiantou?

Não tenho pressa,
Mas tenho um preço,
E todos tem um preço,
E tenho um canto,
Um velho endereço,
O resto é com vocês,
O resto não tem vez.

O que importa,
É que já não me importa, o que importa,
É que ninguém bateu em minha porta,
É que ninguém morreu,
ninguém morreu por mim.

Não quero nada,
Não deixo nada, que não tenho nada,
Só tenho o que me falta e o que me basta,
No mais é ficar só,
Eu quero ficar só.

Não adianta,
Não adianta, que não adianta,
Não é preciso, que não é preciso,
Então pra que chorar?
Então pra que chorar?
Quem está no fogo, está pra se queimar,
Então pra que chorar?



video

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Serenidade, paciência e amor...


"A arte da serenidade me ajudará a pensar antes de reagir.
A paciência me dará o tempo para refletir
e o amor conduzirá minha ação à boa conclusão."

(Desconheço o autor)

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Juízos precipitados...


Há um ditado popular que diz: "Não se aborreça por não conseguir que os outros sejam como você quer que eles sejam, pois nem você mesmo consegue ser como você queria."

Portanto, antes de julgarmos alguém precipitadamente devemos parar, pensar, investigar e olhar para nós mesmos... Só assim poderemos avaliar nossas verdadeiras motivações e aprendermos a não julgarmos mal o próximo.

Além disso, mesmo que possamos achar que a crítica é justa, construtiva e que fazê-la por amor à pessoa possa ajudá-la, lembre-se de que algumas pessoas ainda são tolas, não aceitarão e ainda odiarão quem quer que seja por isso (Vide: Provérbios 9:8 e Mateus 7:6).


Silvia Elena

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Inspiração do dia...


Hoje foi um dia muito produtivo e mágico. Há tantas coisas acontecendo de repente... isso tudo é muito bom!

Toda inspiração vivida no dia de hoje, fez com que eu lembrasse de uma música.

Então, através da letra desta música/poesia de Vander Lee compartilharei um pouco de mim... Afinal, música é tudo!

Abraços!

Silvia Elena


Alma Nua
(Composição: Vander Lee)

Ó Pai
Não deixes que façam de mim
O que da pedra tu fizestes
E que a fria luz da razão
Não cale o azul da aura que me vestes
Dá-me leveza nas mãos
Faze de mim um nobre domador
Laçando acordes e versos
Dispersos no tempo
Pro templo do amor
Que se eu tiver que ficar nu
Hei de envolver-me em pura poesia
E dela farei minha casa, minha asa
Loucura de cada dia
Dá-me o silêncio da noite
Pra ouvir o sapo namorar a lua
Dá-me direito ao açoite
Ao ócio, ao cio
À vadiagem pela rua
Deixa-me perder a hora
Pra ter tempo de encontrar a rima
Ver o mundo de dentro pra fora
E a beleza que aflora de baixo pra cima
Ó meu Pai, dá-me o direito
De dizer coisas sem sentido
De não ter que ser perfeito
Pretérito, sujeito, artigo definido
De me apaixonar todo dia
De ser mais jovem que meu filho
E ir aprendendo com ele
A magia de nunca perder o brilho
Virar os dados do destino
De me contradizer, de não ter meta
Me reinventar, ser meu próprio Deus
Viver menino, morrer poeta

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Não se acostume...


Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado,
comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor,
não se perca!
Se o achar, segure-o!

(Fernando Pessoa)



*Fernando António Nogueira Pessoa (Lisboa, 13/06/1888 — Lisboa, 30/11/1935), mais conhecido como Fernando Pessoa, foi um poeta e escritor português.

Além de poeta, Fernando Pessoa era astrólogo. Alguns dizem que era melhor astrólogo que poeta.


Fonte:
Fernando Pessoa OBRA POÉTICA: www.insite.com.br/art/pessoa/

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Boa sorte sempre...


"Que as portas ao qual batemos sejam sempre abertas...
E que elas possam revelar o inesperado e o maravilhoso."

Silvia Elena

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Dificuldades...


"No meio de toda dificuldade encontra-se a oportunidade."
(Albert Einstein)


"Dificuldades que te surpreendam são os testes aconselháveis
em que te cabe encontrar aproveitamento."
(Emmanuel)


"Com amor inquebrantável e propósito definido
toda dificuldade se vence e todo obstáculo se transpõe."
(Orison S. Marden)


"As dificuldades crescem à medida
que nos aproximamos do nosso objetivo."
(Goethe)

sábado, 9 de outubro de 2010

Maravilhas do mundo...


O Universo nos proporciona inúmeras formas de sentirmos a dádiva da vida e as maravilhas da natureza... Isto tudo é um presente magnífico!!!

O melhor de todos os presentes se encontra na simplicidade de determinadas sensações e acontecimentos...

Uma noite de chuva mansa, o barulho da água tamborilando na janela, o cheiro da grama, o sopro do vento suave movendo as folhas, caminhar sob a luz do sol, o silêncio, o céu, as nuvens e a invasão de outros diversos sentimentos e sensações em nossos corações e mente.

Então, que possamos hoje e sempre sentir e compartilhar as maravilhas do mundo!

Silvia Elena

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Ternura...


"A ternura vital é sinônimo de cuidado essencial [...]
[...] A ternura emerge do próprio ato de existir
no mundo com os outros.
Não existimos, "co"existimos, "con"vivemos e "co"mungamos
com as realidades mais imediatas.
Sentimos nossa ligação fundamental
como a totalidade do mundo."

(Leonardo Boff)




*Leonardo Boff, pseudônimo de Genézio Darci Boff (nascido na cidade de Concórdia - SC, em 14/12/1938), é um teólogo, filósofo, escritor e professor universitário, internacionalmente reconhecido em sua luta pelos excluídos do mundo e pela espiritualização ecológica do planeta. Um dos pais da Teologia da Libertação. Foi membro da Ordem dos Frades Menores, mais conhecidos como Franciscanos. É autor de mais de 60 livros nas áreas de Teologia, Ecologia, Espiritualidade, Filosofia, Antropologia e Mística. A maioria de sua obra está traduzida nos principais idiomas modernos.



Fonte:
Extraído do Livro: Saber cuidar: ética do humano - compaixão pela terra, Petrópolis (RJ), Editota Vozes, 1990.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Por fim...


"O porto seguro de qualquer motivo
para ansiedade está somente em Deus.
É Ele quem sabe e cuida de tudo e
todos os detalhes da minha vida."

Silvia Elena